in

Escolas públicas do CE e de MG estão entre melhores do mundo em prêmio

Duas escolas públicas brasileiras estão entre as vencedoras do prêmio internacional Melhores Escolas do Mundo 2023. A Escola de Ensino Médio em Tempo Integral (MTI) Joaquim Bastos Gonçalves, situada Carnaubal (CE), foi agraciada na categoria “Apoiando Vidas Saudáveis”. Já a Escola Municipal Professor Edson Pisani, de Belo Horizonte, ganhou o Prêmio Escolha da Comunidade.

O Prêmio Melhores Escolas do Mundo foi criado no ano passado. É uma iniciativa da plataforma britânica T4 Education, com apoio três instituições: Fundação Lemann, Accenture, American Express e Yayasan Hasanah.

É a primeira vez que escolas públicas brasileiras estão entre as vencedoras. Instituições de ensino de outros quatro países foram agraciadas. São elas: Institución Educativa Municipal Montessori (Colômbia), na categoria Ação Ambiental; a Riverside School (Índia), na categoria Inovação; a Max Rayne Hand in Hand Jerusalem School (Israel), na categoria Superação de Adversidades; e a Spark Soweto (África do Sul), na categoria Colaboração Comunitária.

A EEMTI Joaquim Bastos Gonçalves criou em setembro de 2021 o projeto Adote um Aluno ao perceber alunos ansiosos com a reabertura da sociedade após o fim das medidas de isolamento social implementadas em decorrência da pandemia de covid-19. Na própria escola, houve registro de estudantes diagnosticados com problemas emocionais graves, incluindo automutilação. O projeto permitiu a identificação desses casos e a assistência psicológica. Os pais também foram envolvidos na iniciativa.

Em 18 meses, o número de atendidos pelo projeto caiu 67% e os beneficiados ao longo desse período relataram melhorias em sua autoestima e em seu bem-estar. Atualmente, menos de 10 estudantes ainda são atendidos. Além de melhorar a vida dos alunos, a iniciativa também aumentou a sensibilidade da comunidade escolar para a importância da saúde mental.

O prêmio concedido à EEMTI Joaquim Bastos Gonçalves levou em conta suas ações para proporcionar a reintegração dos alunos à sociedade desde a pandemia da covid-19. Sua escolha se deu por meio de um júri especializado. Ela desbancou as outras duas finalistas da categoria Apoiando Vidas Saudáveis: a IMG Academy (EUA) e a Cardiff Sixth Form College (Reino Unido). A escola receberá um prêmio de US$ 50 mil.

Já a Escola Municipal Professor Edson Pisani saiu-se vencedora em uma votação pública na qual concorreu todas as finalistas do Prêmio Melhores Escolas do Mundo. Ela integrará o novo programa Melhor Escola para Trabalhar da T4 Education, que dá suporte para que a instituição consiga atrair e reter bons professores.

A Escola Municipal Professor Edson Pisani situa-se no Aglomerado da Serra, na região centro-sul de Belo Horizonte. É uma das maiores favelas da capital mineira. A instituição tornou-se uma das finalistas da categoria Escolha da Comunidade pelas suas ações voltadas para a defesa dos direitos de seus alunos e para a mobilização da comunidade escolar e da vizinhança, com o objetivo de coordenar com autoridades públicas melhorias para sua região.

Sua intervenção no programa municipal Vila Viva, voltado para a urbanização da comunidade, contribuiu para evitar diversos danos aos moradores e garantir que a iniciativa viesse acompanhada de melhorias, como por exemplo, a criação de uma nova linha de ônibus.

O Prêmio Melhores Escolas do Mundo 2024 já está com inscrições abertas. Até 23 de fevereiro do próximo ano, instituições poderão apresentar suas candidaturas online por meio do portal da iniciativa.

Fonte da matéria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

    Caiu no Enem: professores vão comentar provas e corrigir questões

    Caiu no Enem: professores vão comentar provas e corrigir questões

    Sala de controle monitora 9,4 mil locais de aplicação do Enem no país 

    Sala de controle monitora 9,4 mil locais de aplicação do Enem no país